14 April 2009

Rosa Ramalho

Está patente até Junho de 2010 uma exposição com obras da Rosa Ramalho no Museu de Olaria de Barcelos. Esta é a maior colecção de obras da Rosa Ramalho. Aconselho vivamente uma visita ao museu pois é uma oportunidade única de ver o figurado desta autora que infelizmente já nos deixou.

A obra em barro branco foi comprada por mim directamente à "Tia Rosa" quando ela vinha a Lisboa no verão para vender as suas peças. Custou 15 escudos. A outra, vidrada, é um professor com um livro e um guarda-chuva. Esta foi-me oferecida por um amigo que também já partiu e são as únicas que eu tenho.


3 comments:

Fabiano said...

Olá, chamo-se Fabiano, sou quase advogado, hoje depois de anos buscando informações sobre a família de meu avô que se chamava Casimiro Barbosa Lopes, natural da freguesia de São Martinho de Galegos, escultor e oleiro, imigrante, falecido em 1968 aqui no Rio de Janeiro, vi um artigo sobre Rosa Ramalho. Curiosamente todos conheciam meu avô aqui como Ramalho e meu pai nunca soube a origem dessa alcunha.

Acontece que meu avô nos anos 60 recebeu um jornal de Portugal onde aparecia sua irmã escultura famosa. Quando mostrei a foto dela com o texto num blog que encontrei, ele se emocionou tremendamente, pois meu avô era muitíssimo parecido com ela. Meu pai que nasceu em 1948 não se lembrava do nome dessa tia pois era pequeno quando a viu no jornal. Pois bem, eu gostaria de entrar em contato com a neta de Rosa Ramalho (tia de meu pai). Você a conheceu pessoalmente?

Tenho os documentos de meu avô digitalizados (passaporte, carteira de identidade para estrangeiros, etc..) onde constam os nomes de seus pais Luis Lopes e Emília Barbosa (pais de Rosa Ramalho) e meus bisavós.

Se o senhor conhecer a dona Júlia por favor a ponha em contato comigo. Meu MSN é: exordio1@hotmail.com

Desde já agradeço e estou sem palavras pela surpresa de saber da importância de minha tia-avó, pois de meu avô sempre tivemos e temos enorme orgulho.

estelle said...

Hi
On holiday in Portugal in 1970 I bought a Rosa Ramhalho ceramic goat.It has given me much pleasure over the years but now I would like to sell it
What is the best way to do this?
Sincerely
Estelle

Ricardo said...

please send me your email so that I can reply to you